Bio - Audrey Hepburn




Muito mais que só mais um rostinho bonito da Hollywood antiga, Audrey Hepburn foi uma artista completa não só em talento e beleza como em seu envolvimento com causas humanitárias. Elegante, linda, talentosa e carismática, o mundo se rendeu os encantos dessa bela mulher nascida Ixelles Bélgica, em 4 de maio de 1929.
Filha de um banqueiro  britânico-irlandês e de uma baronesa holandesa descente de reis ingleses e franceses, Audrey Hepburn já nascera envolta a áurea do glamour. Aos nove anos de idade seus pais se divorciaram, e para poupa-la dos conflitos familiares sua mãe a manda para um internato na Inglaterra onde ela aprende o balé. Em 1939 estoura Segunda Guerra Mundial, a Inglaterra declara guerra contra Alemanha e mais uma vez a mãe  de Audrey para protege-la a manda para a Holanda onde ela imaginava estar protegida. Contrariando suas expectativas, a guerra chega a Holanda com a invasão nazista, e a maioria dos parentes de Audrey que fazia parte da Resistência, foram mortos na sua frente. Para angariar fundos ela fazia espetáculos clandestinos de balé, onde levava mensagens
escondidas dentro de suas sapatilhas. Anos mais tarde ela recusaria o papel para atual como protagonista no filme O Diário de Anne Frank.
Com o fim da guerra Audrey e sua mãe retornam a Londres e entra para prestigiada escola de balé Marie Rambert, mas a professora foi categórica dizendo que ela era alta demais e não tinha talento suficiente para ser uma primeira bailarina. Desiludida com a avaliação negativa, ela se dá por vencida, começa a trabalhar como corista e modelo fotográfico para sustentar-se. A partir de então decidiu-se pela atuação. Seu primeiro trabalho foi em um documentário; Dutch In Seven Lessons, seguido por uma série de pequenos filmes.
Em 1952 sua sorte começava a mudar. Ela vai a Paris para as filmagens de Montecarlo Baby e no saguão chama atenção de Collete, escritora que trabalhava numa montagem para Broadway da peça Gigi, encantada por Audrey, Collete a escala para o papel principal. Em seguida ela também consegue o papel principal atuando em A Princesa e o Plebeu, onde interpreta a Princesa Ann, filme que rendeu seu primeiro Oscar como melhor atriz, a carreira de Audrey Hepburn entra em grande ascensão. Após a licença maternidade de seu primeiro filho, estrela o filme Bonequinha de Luxo, protagonizando o personagem que a transformara em um ícone o qual a faria lembrada por futuras gerações, neste papel,  ela recebe sua quarta indicação para o Oscar.
Audrey, após dois divórcios e o nascimento de seu segundo,conhece Robert Wolders,com quem se casou e viveu até o fim de sua vida.
Ao aceitar o convite de Embaixadora da UNICEF, ela dá inicio ao seu mais importante trabalho. Sentia-se em débito com a organização, pois fora dela (United Nations Relief and Rehabilitation Administration que deu origem ao UNICEF) que recebera ajuda de alimentos e suprimentos que salvariam sua vida durante o pós guerra, passaria o ano de 1988 viajando em prol de causas humanitárias as quais a fizeram respeitada  por autoridades de diversos países. Audrey era fluente em francês, inglês, italiano, neerlandês e espanhol.
No ano de 1993 foi diagnosticada com câncer de apêndice, que espalhou-se para cólon. Faleceu as 19h de 20 de janeiro do mesmo ano aos 63 anos, deixou dois filhos, Sean Hepburn Ferrer e Luca Dotti.

Audrey é hoje um símbolo que vem inspirando muitas outras atrizes a se engajarem em causas humanitárias, um ideal de elegância e beleza feminina.





My Fair Lady


Funny Face



My Fair Lady
Sabrina
Fanny Face
Breakfast at Tiffany's
Fanny Face
Em Breakfast at Tiffany's Audrey e George Peppard



Fanny Face
Audrey e Mel Ferrer
 Audrey and Mel Ferrer





Cintia Giroto

Muito obrigada por sua visita, espero que tenha gostado do viu por aqui e espero ter a honra de seu retorno. Sua opinião é muito importante, conto com seu comentário. Beijinhos.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. adorei o blog. amo essa atriz, ela é tao linda.
    me lembra um pouco a lily allen *-* voce poderia fazer um post dela aqui no blog.
    seguindo. amei
    http://dose-of-poetry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Carka Azevedo, fico feliz por ter gostado, bjoks.

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd