Vespa - O Retorno

Desde que Audrey Hepburn e Gregory Peck surgiram, passeando de Vespa graciosamente pelas ruas de Roma em uma das cenas mais icônicas do cinema em 1953, no filme dirigido por Willian Wyler, a Princesa e o Plebeu, o mundo das duas rodas não foi mais o mesmo.

Modelo 125 de 1951 estrela do filme ''Roman Holiday''

0 

Quem nunca parou pra ver uma Vespa passar e não pode deixar de comentar algo a respeito da motoquinha italiana mais cult de todos os tempo, terá novas chances de faze-lo, literalmente!
Sucesso nos anos 50 e 60, queridinha entre os retrolovers e símbolo da ''dolce vita'', a Vespa foi vendida no Brasil  na década de 80, fruto de uma parceria entre a Piaggio e a Caloi, que fazia a montagem dessas scooters, agora volta a ser vendida no país depois de anos de ''ausência''.
O Grupo Piaggio, empresa européia detentora de 25% do mercado, líder no setor, relança a scooter mais famosa do mundo, com escritório no Brasil e plano de abertura de uma fábrica em 2018. Não é uma excelente notícia para nós brasucas que estamos vivendo em tempos de crise econômica?

 – “Pensar em um mundo sem Vespas é como ter um café da manhã sem café, um jantar sem pizza… os brasileiros merecem tê-las nas ruas”, disse o italiano Giuseppe de Paola, vice-presidente da Asset Beclly, companhia de investimentos comandada por italianos; que com o Grupo Piaggio, está trazendo a marca para o país.
Piaggio MP5 "Paperino", o primeiro protótipo de Piaggio
As vendas começaram, pela internet,  em 10 de outubro do ano passado, apenas para a série especial Primavera 150, de mil unidades numeradas e com grafismos especiais. Confira este e demais modelos no site oficial da Vespa Brasil.

A expectativa é vender 2.000 unidades ainda este ano – número que subirá para 12.000, em 2017, e 35.000, em 2018, quando a Piaggio espera ter uma fábrica própria, provavelmente em Manaus, para a produção também de outros modelos do grupo (ainda não definidos).
vespa
2015
O Brasil também receberá o modelo Primavera com motor de 125 cm³, o Sprint 150, GTS 300 com ABS e 946 Emporio Armani 150 com ABS – essa feita em comemoração aos 400 anos da marca.

O anúncio foi feito no dia 05 de outubro/2016, em um belo espaço da cobertura do JK Iguatemi, em São Paulo, lugar que abrigará a primeira boutique da marca no Brasil.

“Não teremos concessionárias porque seria como tomar um espumante em uma taça de plástico”, explicou Longino Morawski, presidente do Grupo Piaggio Brasil.

Nas boutiques, as Vespas serão expostas em um espaço central, entre um requintado café e lounge para possíveis encontros de fãs da marca, e outro destinado ao pedido do produto e atendimento diferenciado.

“Os vendedores serão grandes conhecedores da marca, terão uma Vespa e toda a habilidade para lidar com o público diferenciado que queremos atingir”, explica Morawski.

O preço? Bom, esse ninguém abriu, mesmo com a insistência dos jornalistas.

“Será um preço competitivo, mas que abarque toda a vantagem da experiência de ser dono de uma Vespa”, disseram.

“Vemos com clareza a ascensão de um novo tipo de consumidor urbano e queremos abocanhar uma fatia de mercado que antes nem existia”, afirmou Morawski otimista.

“Queremos atingir os que se encaixam na faixa intermediária, casais modernos, executivos descolados, mulheres que não querem abrir mão de ser elegante ao pilotar uma moto”.


Modelo 2016 criado para o 70º aniversário da Vespa


 Vespas & Pin-ups - uma combinação perfeita!







Agora só nos resta esperar pelas novas Vespas voando baixo pelo asfalto a fora. Mas, se você é uma daquelas pessoas que não pode esperar, a dica é: corra atras da sua Vespa das antigas agora, e saia por aí esbanjando charme tal qual Audrey e Gregory. 😉

Vespa 1946-1969:

Gostaram? Se você é um apaixonado ou um admirador anônimo, não deixe de visitar o portal Do You Vesta? Lá vai encontrar uma porção de coisas bacanérrimas sobre sua motoca envenenada favorita.



Este artigo teve parte do seu conteúdo extraído da matéria original neste link.





Soul Retro

Muito obrigada por sua visita, espero que tenha gostado do viu por aqui e espero ter a honra de seu retorno. Sua opinião é muito importante, conto com seu comentário. Beijinhos.

2 comentários:

  1. Quando eu era adolescente, sonhava com uma Vespa.
    Ainda hoje acho lindo, amo de paixão. Só que prefiro carro mesmo kkkk
    O filme é maravilhoso.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem nunca sonhou em ter uma Vespinha não é mesmo Mary? Ela continua charmosa e queridinha dos retrozinhos. Bjs.

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd